O jovem de hoje carece de amor

Author: Heitor de Oliveira /

Não é simplesmente dizer eu te amo, não é sair todos os dias juntos, ligar todos os dias antes de dormir. Isso se faz. Falta amor, ser amado, sentir na pele a emoção, o sangue aquecer e o coração bater veloz. Não se trata de usar as redes sociais e dizer publicamente, se trata de sair na chuva, cantando e dançando e gritar abertamente. É fazer com que os outros sorriem, porque o amor tem esse poder, não interessa se não é a sua pessoa amada, ele contagia todos que estão à volta, tem a capacidade de transmitir alegria ao seu redor. Não que o jovem de hoje  não ame, digo que falta amor, falta a entrega, ter apenas dezoito anos e pedi-la em casamento, ter apenas dezesseis e aceitá-lo. A mágica envolve aqueles que amam, os deixa inexplicavelmente felizes e dispostos. O amor não tira a fome, ele traz a vontade de dividir a comida com alguém, apenas para saborear as delícias do mundo ao lado de quem se ama. Ele não tira o sono, consegue trazer companhia para dormir. Também não traz dor, a dor é o oposto do amor. Escrever belas frases e enviá-las pelo celular não é suficiente, quem ama faz loucuras, se entrega de corpo e alma e vai de encontro ao respectivo e declara-lhe poemas, frases e canções, independentemente da inconveniência do mundo dinâmico que se vive. Aos poucos, as buzinas dos carros se tornarão perfumes, os gritos, paisagens floridas, as agressões, música. Essa é a magia que possuem aqueles que amam, esta é a que falta nos jovens de hoje.

1 comentários:

claudia castanheira cardoso disse...

Sutilmente encantador...Muito bonito, Heitor

Postar um comentário